Proletários de todos os países: UNI-VOS! PCP - Reflexão e Prática

Edição Nº 322 - Jan/Fev 2013

Abertura

Do XIX Congresso do PCP ao Centenário de Álvaro Cunhal

por Revista o Militante

O XIX Congresso do Partido Comunista Português cumpriu com honra a sua função de órgão supremo do Partido, aprovando a Resolução Política que traça a orientação para os próximos quatro anos, elegendo o novo Comité Central que dirigirá o colectivo partidário até ao próximo Congresso, dotando o Partido de um Programa actualizado em função das alterações da situação nacional e internacional nos últimos vinte anos: «Uma democracia avançada – os valores de Abril no futuro de Portugal».

Actualidade

Eleições autárquicas, parte integrante da luta pela ruptura com a política de direita

por Jorge Cordeiro

1. A afirmação inscrita nas conclusões da Conferência Nacional «O PCP e o Poder Local» de que o Poder Local constitui «uma emanação e uma expressão directa da vontade popular, uma afirmação do carácter progressista e avançado do regime democrático resultante de Abril» e que, por isso mesmo, é objecto de «uma ofensiva para lhe limitar o alcance e o amputar das características que lhe deram expressão ímpar», ganha, passados quase dez nos, uma redobrada actualidade e uma mais clara compreensão sobre o seu alcance e significado.

Economia

Custos e benefícios sociais

por Carlos Vaz Carvalho

De que forma uma decisão política contribui para objectivos socialmente tidos como desejáveis e prioritários? Para a política de direita tudo se resume a maximizar o lucro privado. Uma política progressista, uma alternativa de esquerda, faz intervir no cálculo económico a correspondente avaliação dos Custos e Benefícios Sociais, no sentido da máxima satisfação das necessidades sociais. É este o tema que procuramos tratar seguidamente.

Economia

OE/2013, um orçamento desastroso

por José Lourenço

A coberto do programa de agressão que o PS assinou em 17 de Maio de 2011, e que PSD e CDS subscreveram, o actual Governo de direita pretende prosseguir, e aprofundar no próximo ano, o ataque a muitas das conquistas que a Revolução de Abril trouxe ao povo e aos trabalhadores portugueses.

Internacional

14º Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários

por Ângelo Alves

Realizou-se de 23 a 25 de Novembro em Beirute (Líbano), o 14.º Encontro Internacional de Partidos Comunistas e Operários. Realizado sob o lema «Fortalecer a lutas contra a escalada agressiva imperialista, pela satisfação dos direitos e aspirações sócio-económicas e democráticas dos povos, pelo socialismo» o 14.º Encontro Internacional contou com a participação de 60 delegações de partidos comunistas e operários oriundos de 44 países de todos os continentes. O Partido Comunista Português fez-se representar por Ângelo Alves, membro da Comissão Política do CC e por Inês Zuber, deputada ao Parlamento Europeu, e no decorrer dos trabalhos foi proferida a intervenção que agora o "O Militante" publica.

Juventude

A juventude luta, resiste e toma Partido!

por André Martelo

Analisando a realidade da juventude portuguesa, que hoje enfrenta o Pacto de Agressão das troikas, e passados 36 anos de contra-revolução, é possível afirmar que esta está confrontada com a ofensiva mais violenta contra os direitos e conquistas de Abril em todas as esferas da sua vida desde o 25 de Abril. E que, ainda assim, neste momento complexo e difícil continua a ser portadora da capacidade, criatividade, alegria e confiança que a caracteriza, sendo força transformadora, combativa e organizada que luta, resiste e toma Partido na construção do futuro.

capa

Edição Nº 322 - Jan/Fev 2013

Outros Artigos nesta Edição: