Proletários de todos os países: UNI-VOS! PCP - Reflexão e Prática

Organização, Edição Nº 325 - Jul/Ago 2013

Reforçar o PCP - Construir a alternativa para um distrito com futuro (*)

por Sónia Pombo

A Comissão de Freguesia do Tortosendo do PCP saúda a nossa IX Assembleia da Organização Regional de Castelo Branco.

Há várias décadas que o Partido Comunista no Tortosendo se encontra organizado, orientando, estimulando e dirigindo a luta de gerações de operários por uma vida melhor, por uma vida digna, por um futuro mais justo numa sociedade mais solidária.

No período fascista, perante salários de miséria, a par da riqueza visível e ostensiva dos patrões, a classe operária do Tortosendo, revelando consciência da sua condição, lutou por melhores salários, sofrendo a repressão da GNR e da PIDE, forças ao serviço dos grandes senhores dos lanifícios, com prisões e torturas bárbaras e desumanas.

Naturalmente, com o 25 de Abril o Partido organizou-se na nossa vila, participando, desde logo, na implementação e consolidação das conquistas de Abril.

Revitalizámos o movimento associativo e consolidámos o poder local democrático, defendemos a revolução e mobilizámos os trabalhadores para a luta reivindicativa.

A freguesia do Tortosendo, a sua autarquia e as suas gentes foram o exemplo para as populações vizinhas do trabalho persistente dos comunistas.

A crise dos lanifícios e dos têxteis nas últimas décadas, o encerramento das empresas, do pequeno comércio e a criação de novos pólos habitacionais alteraram substancialmente o tecido social.

O oportunismo de uns e algumas incompreensões de outros fragilizaram o Partido que, mesmo assim, mantém nas suas fileiras uma centena e meia de militantes com o ficheiro actualizado e com as cotas de 2012 em dia.

Mantemos em funcionamento regular a nossa Comissão de Freguesia.

Dinamizamos, com elevada participação de militantes e amigos do Partido, iniciativas próprias.

– Anualmente promovemos o aniversário do Partido com a participação de cerca de cem militantes no jantar que, este ano, pela primeira vez, foi confeccionado e servido por um grupo de camaradas, mostrando deste modo a extrema dedicação de todos.

– No 25 de Abril, face à inexistência de comemorações da iniciativa da autarquia, promovemos uma festa popular à qual têm aderido centenas de tortosendenses.

– Em Junho lá estamos na organização da festa de Verão promovida pela Direcção Regional.

– Em Julho e Agosto mobilizamos mais de uma centena de camaradas e amigos para a Festa do Avante!, organizando excursões, vendendo EP's e assegurando alguns turnos de trabalho na Festa.

– A Comissão de Freguesia do Tortosendo é eleita em Assembleia de Freguesia com regularidade.

– Marcamos plenários com frequência e, sempre que necessário, para a prestação de contas, análise e discussão da situação política local e nacional.

– Elaboramos, publicamos e distribuímos anualmente um a dois boletins informativos do Partido, com a apreciação da situação política nacional e o levantamento das necessidades da freguesia com propostas para a sua resolução.

– Vendemos o Avante! semanalmente e temos obtido bons resultados nas vendas especiais deste nosso jornal.

– Preparamos com os nossos eleitos na Assembleia de Freguesia a sua intervenção naquele órgão.

Os nossos eleitos e os membros das mesas eleitorais entregam a totalidade ou parte das compensações que recebem, cumprindo-se o princípio de que nenhum eleito deverá beneficiar ou ser prejudicado pelo desempenho do cargo para o qual foi nomeado ou eleito.

– Temos sede própria que abre diariamente.

Somos uma organização com 64% de militantes com idade inferior a 60 anos.

Podemos afirmar que temos uma organização madura e experiente com a maioria dos seus militantes em idade activa.

A capacidade de atracção do Partido tem-se verificado com a inscrição de uma nova geração, filhos e filhas de comunistas, que desta forma honram os pais mantendo os valores, os princípios, a mesma ânsia de uma sociedade mais justa e fraterna onde podemos e devemos ser felizes.

Vivemos, trabalhamos e lutamos numa freguesia com potencialidades únicas de crescimento em número de militantes. Temos consciência deste facto.

Apesar do trabalho que desenvolvemos temos de encontrar a estratégia e os meios para chegar aos jovens.

Face à deslocalização de empresas e ao encerramento de outras, temos tido dificuldades em organizar os comunistas nas empresas ou por sectores de actividade.

Apesar da participação de cinco jovens mulheres na Comissão de Freguesia é necessário rejuvenescer este órgão de direcção do Partido envolvendo outros jovens.

É verdade que cumprimos (e até ultrapassamos) as nossas metas nas campanhas de fundos, o que indicia que é possível ir um pouco mais longe.

A venda do Avante! é regular mas fica muito longe do desejável. Neste momento nem 1% dos camaradas compra o Avante!.

Sabendo nós a importância do Avante!, o nosso jornal, o jornal que nos informa, que nos ajuda a compreender a realidade política e social do nosso país e do mundo, um elo de ligação com a nossa direcção nacional, não podemos deixar de sublinhar que o momento da venda e leitura do Avante! ajuda a alargar o nosso trabalho de intervenção política na sociedade.

Os tempos que vivemos, com as dificuldades criadas pelos governos PS, PSD e CDS (a troika nacional) e pela troika internacional e por todos aqueles que se assumem como Miguéis Vasconcelos dos nossos tempos, com o desemprego a disparar e o ataque aos serviços públicos, aos salários e pensões, exigem de todos nós um esforço acrescido na dinamização e participação do trabalho do Partido e nas iniciativas das organizações unitárias, nomeadamente na CGTP-IN.

Como parte integrante da nossa luta e do nosso trabalho, a Comissão de Freguesia do Tortosendo do PCP desafia e convida todos os camaradas e amigos presentes a participarem nas comemorações do 25 de Abril, na festa popular do Tortosendo e na arruada do 1.º de Maio.

Viva a IX Assembleia da Organização Regional de Castelo Branco!

Viva o Partido Comunista Português!

(*) Intervenção da Comissão de Freguesia do Tortosendo do PCP proferida por Sónia Pombo.